Ex-primeiro ministro britânico Tony Blair defende o papel da religião

0

Ex-primeiro ministro britânico Tony Blair defende o papel da religião

Durante debate na TV canadense, o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair defendeu o papel da religião nas questões globais. Do lado oposto, destacando a influência maligna da religião, estava o jornalista e escritor Christopher Hitchens que mesmo lutando contra um câncer, ele aceitou participar da discussão.
Blair, de 57 anos, foi criado em uma família cristã e garante que se tornou realmente cristão praticante quando estudava na Universidade de Oxford. Ele professa a católica.
Christopher Hitchens (61) é um dos mais famosos defensores do “Novo Ateísmo”. Recusou-se a participar nas orações quando estudava em um colégio cristão. Afirma que seu estilo de vida ”boêmio e barulhento” pode ter causado o câncer do esôfago
O tema debatido foi “A religião é uma força positiva no mundo?”. Todos os 2.700 ingressos foram vendidos para a plateia que assistiu ao vivo no Roy Thomson Hall, de Toronto. O site Munk Debates transmitiu pela internet, no sistema pay-per-view, e vendeu todos os “ingressos”. O encontro será televisionado no início de dezembro. Uma cópia não autorizada já circula na internet. O jornal italiano La Repubblica transcreveu parte da discussão:
Hitchens – A religião oferece ao homem a salvação, com o pequeno preço de renunciar a todas as suas faculdades críticas. Podemos chamar de Deus quem explora a credulidade humana? Quem alimenta a fé por meio do nosso medo da morte? Quem nos condena à vergonha pelos atos sexuais? Quem aterroriza as crianças com as chamas do inferno? Quem considera as mulheres como uma espécie inferior? Quem quer nos fazer acreditar que o homem foi criado ao invés de ter evoluído? A religião leva pessoas inteligentes a fazer muitos tipos de estupidez.
Blair – Admito isto sem problemas: muito mal foi feito no mundo em nome da religião. Mas, em nome da religião, também foi feito o bem. Metade da ajuda que chega à África provém de organizações religiosas: cristãs, muçulmanas, judaicas. Hospitais, albergues, refeitórios para os pobres são administrados em todo o mundo por entidades religiosas. Por isso, digamos que a religião pode ser destrutiva, mas também estimula a atos de grande compaixão. E depois, qual é o conceito fundamental na base de toda religião, do cristianismo, judaísmo, islã, budismo e hinduísmo? É o amor pelo próximo, o altruísmo, a humildade.

Fonte: Pavablog – via Jornal Mundo Gospel
Veja outras noticias relacionadas com Ex-primeiro ministro tony Blair e Religião:

Nunca achei que Deus pudesse substituir o discernimento político, diz Tony Blair

“Nunca achei que Deus pudesse substituir o discernimento político”, diz Tony BlairO ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair acaba de publicar seu tão esperado livro de memórias. Em uma entrevista

Visite: Amigo De Cristo, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel,Frases

1 COMENTÁRIO

  1. O que é o inferno.
    Quando crianças, nós estávamos sujeitos a receber de nossos pais algum tipo de ameaça para nos amedrontar quando não obedecíamos as suas ordens, ou quando fazíamos alguma peraltice. Diziam eles que o bicho papão vinha nos pegar, ou ainda, papai do céu chora se você fizer arte, e muitas outras expressões folclóricas. Isso aplicado em crianças tudo bem, são apenas fantasias infantis, quando a pessoa cresce estas figuras apagam do seu cérebro, não deixando nenhum resquício de preocupação.
    Não sei como é em outras partes do planeta onde não acreditam na Bíblia Sagrada, mas aqui no nosso país, onde a maioria acredita, foi criado á figura do diabo o representante do mal o qual lhe deram vários nomes tal como satanás belzebu e muitos outros. Ele é um sujeito mau, ostenta na cabeça um par de chifres, segundo dizem as religiões, ele é tenebroso, horripilante é também cheio de artimanhas as quais usa para atrair os seres humanos descuidados Seu reino se chama inferno, cujos portões estão sempre abertos para receber os pecadores os quais perecerão lá eternamente. Se falarmos isso hoje para uma criança com um mínimo de inteligência ela irá rir e levar na brincadeira, se por acaso ela acreditar no momento, quando ela se desenvolver, se tornar adulta verá que esta figura diabo e inferno, não passa de uma coisa ridícula. Se fosse no tempo da idade média, até se podia aceitar que as pessoas acreditassem, mas hoje no século vinte um, uma época com grande avanço nos conhecimentos, grande avanço na tecnologia e um tremendo avanço nos meios de comunicação, é uma vergonha ter pessoas adultas acreditando em uma coisa tão bizarra quanto a figura do diabo cuja morada é o inferno.. Será que ainda não perceberam que a figura diabo foi criada para amedrontar e atrair as pessoas para as religiões. Quando falam que o problema com o diabo é depois da morte ai que o medo cresce e toma proporções gigantescas, porque o medo da pós-morte é terrível para os seres humanos, porque o medo é terrível. Porque temos o raciocínio, podemos pensar no futuro. Os animais, por exemplo, não tem esta preocupação porque eles não raciocinam. Os seres humanos sim raciocinam e temem a morte. As religiões aproveitam deste medo mórbido para atrair mais e mais adeptos. No futuro quando a mente humana estiver mais desenvolvida, a inteligência estar mais aprimorada, religião será coisa do passado.
    Na minha modesta opinião, Deus ou o diabo os quais representam o bem e o mal. Estas figuras estão com toda certeza dentro da nossa própria consciência. Nós podemos ser Deus, e também ser o diabo tudo depende do nosso procedimento. Se agirmos com decência, dignidade, amor ao próximo, e não sermos egoístas, maledicentes e hipócritas, seremos a essência de Deus. Se formos indecentes, indignos, maldosos, Hipócritas, egoístas e maledicentes fatalmente teremos a essência do diabo. Esta é a verdade nua e crua o resto é tudo fantasia, não tem nenhum sentido pratico, portanto, religião não nos levará a nenhum paraíso glorioso povoado por anjos com suas liras entoando cânticos celestiais. Se levarmos uma vida exemplar, correta, de trabalho e honestidade. A única coisa que poderemos conseguir será uma exuberante paz de espírito, a qual nos dará coragem e tranqüilidade para enfrentar a morte. Assim iremos para o túmulo em paz com a consciência de dever cumprido. Quem teve uma vida descente e produtiva para a humanidade nunca temerá a morte. A morte somente será temida por aquele que têm a consciência pesada por não ter cumprido seu dever de maneira exemplar e correta.
    Paulo Luiz Mendonça.

  2. Não adianta nada.
    Não adianta nada amar a Deus sobre todas as coisas.
    Se você deixa seu semelhante abaixo de todos os seus interesses.
    Não adianta nada ser freqüentador assíduo dos templos religiosos.
    Se você continua a ser egoísta, não estendendo a Mão a um necessitado.
    Não adianta nada pagar o dízimo com toda fidelidade.
    Se você nega ao seu semelhante o pão para saciar-lhe a fome.
    Não adianta nada não trabalhar no sábado por que é dia reservado ao senhor.
    Se você usa neste dia o trabalho dos seus semelhantes.
    Não adianta nada sair de porta em porta procurando almas para salvar.
    Se você esquece os seus afazeres e o progresso da sua própria vida.
    Não adianta nada se especializar na leitura da Bíblia.
    Se você não se preocupa com os acontecimentos e progressos da humanidade.
    Não adianta nada aparentar-se bem vestido para impressionar.
    Se você internamente demonstra que a hipocrisia se faz presente.
    Não adianta nada estar sempre no templo aprendendo coisas maravilhosas da Bíblia.
    Se você no dia a dia deixa de praticá-las.
    Não adianta nada aprender, não julgueis para não ser julgado.
    Se você faz isso diariamente com seu semelhante.
    Não adianta nada estar sempre orando e fazendo pedidos.
    Se você mantêm suas mãos na inércia sem ajudar a ninguém.
    Não adianta nada se preocupar em ser salvo no dia do juízo final.
    Se você não procura engrandecer o aprimoramento progressivo do seu espírito.
    Se algum dos itens acima lhe servir, vista a carapuça. Se nenhum deles se encaixar com sua conduta, então você deve sentir-se como um ser humano iluminado, portanto jogue a no lixo.
    Paulo Luiz Mendonça.

  3. Não adianta nada.
    Não adianta nada amar a Deus sobre todas as coisas.
    Se você deixa seu semelhante abaixo de todos os seus interesses.
    Não adianta nada ser freqüentador assíduo dos templos religiosos.
    Se você continua a ser egoísta, não estendendo a Mão a um necessitado.
    Não adianta nada pagar o dízimo com toda fidelidade.
    Se você nega ao seu semelhante o pão para saciar-lhe a fome.
    Não adianta nada não trabalhar no sábado por que é dia reservado ao senhor.
    Se você usa neste dia o trabalho dos seus semelhantes.
    Não adianta nada sair de porta em porta procurando almas para salvar.
    Se você esquece os seus afazeres e o progresso da sua própria vida.
    Não adianta nada se especializar na leitura da Bíblia.
    Se você não se preocupa com os acontecimentos e progressos da humanidade.
    Não adianta nada aparentar-se bem vestido para impressionar.
    Se você internamente demonstra que a hipocrisia se faz presente.
    Não adianta nada estar sempre no templo aprendendo coisas maravilhosas da Bíblia.
    Se você no dia a dia deixa de praticá-las.
    Não adianta nada aprender, não julgueis para não ser julgado.
    Se você faz isso diariamente com seu semelhante.
    Não adianta nada estar sempre orando e fazendo pedidos.
    Se você mantêm suas mãos na inércia sem ajudar a ninguém.
    Não adianta nada se preocupar em ser salvo no dia do juízo final.
    Se você não procura engrandecer o aprimoramento progressivo do seu espírito.
    Se algum dos itens acima lhe servir, vista a carapuça. Se nenhum deles se encaixar com sua conduta, então você deve sentir-se como um ser humano iluminado, portanto jogue a no lixo.
    Paulo Luiz Mendonça.

  4. O que é o inferno.
    Quando crianças, nós estávamos sujeitos a receber de nossos pais algum tipo de ameaça para nos amedrontar quando não obedecíamos as suas ordens, ou quando fazíamos alguma peraltice. Diziam eles que o bicho papão vinha nos pegar, ou ainda, papai do céu chora se você fizer arte, e muitas outras expressões folclóricas. Isso aplicado em crianças tudo bem, são apenas fantasias infantis, quando a pessoa cresce estas figuras apagam do seu cérebro, não deixando nenhum resquício de preocupação.
    Não sei como é em outras partes do planeta onde não acreditam na Bíblia Sagrada, mas aqui no nosso país, onde a maioria acredita, foi criado á figura do diabo o representante do mal o qual lhe deram vários nomes tal como satanás belzebu e muitos outros. Ele é um sujeito mau, ostenta na cabeça um par de chifres, segundo dizem as religiões, ele é tenebroso, horripilante é também cheio de artimanhas as quais usa para atrair os seres humanos descuidados Seu reino se chama inferno, cujos portões estão sempre abertos para receber os pecadores os quais perecerão lá eternamente. Se falarmos isso hoje para uma criança com um mínimo de inteligência ela irá rir e levar na brincadeira, se por acaso ela acreditar no momento, quando ela se desenvolver, se tornar adulta verá que esta figura diabo e inferno, não passa de uma coisa ridícula. Se fosse no tempo da idade média, até se podia aceitar que as pessoas acreditassem, mas hoje no século vinte um, uma época com grande avanço nos conhecimentos, grande avanço na tecnologia e um tremendo avanço nos meios de comunicação, é uma vergonha ter pessoas adultas acreditando em uma coisa tão bizarra quanto a figura do diabo cuja morada é o inferno.. Será que ainda não perceberam que a figura diabo foi criada para amedrontar e atrair as pessoas para as religiões. Quando falam que o problema com o diabo é depois da morte ai que o medo cresce e toma proporções gigantescas, porque o medo da pós-morte é terrível para os seres humanos, porque o medo é terrível. Porque temos o raciocínio, podemos pensar no futuro. Os animais, por exemplo, não tem esta preocupação porque eles não raciocinam. Os seres humanos sim raciocinam e temem a morte. As religiões aproveitam deste medo mórbido para atrair mais e mais adeptos. No futuro quando a mente humana estiver mais desenvolvida, a inteligência estar mais aprimorada, religião será coisa do passado.
    Na minha modesta opinião, Deus ou o diabo os quais representam o bem e o mal. Estas figuras estão com toda certeza dentro da nossa própria consciência. Nós podemos ser Deus, e também ser o diabo tudo depende do nosso procedimento. Se agirmos com decência, dignidade, amor ao próximo, e não sermos egoístas, maledicentes e hipócritas, seremos a essência de Deus. Se formos indecentes, indignos, maldosos, Hipócritas, egoístas e maledicentes fatalmente teremos a essência do diabo. Esta é a verdade nua e crua o resto é tudo fantasia, não tem nenhum sentido pratico, portanto, religião não nos levará a nenhum paraíso glorioso povoado por anjos com suas liras entoando cânticos celestiais. Se levarmos uma vida exemplar, correta, de trabalho e honestidade. A única coisa que poderemos conseguir será uma exuberante paz de espírito, a qual nos dará coragem e tranqüilidade para enfrentar a morte. Assim iremos para o túmulo em paz com a consciência de dever cumprido. Quem teve uma vida descente e produtiva para a humanidade nunca temerá a morte. A morte somente será temida por aquele que têm a consciência pesada por não ter cumprido seu dever de maneira exemplar e correta.
    Paulo Luiz Mendonça.

Deixe uma resposta