Nunca a religião foi tão utilizada como marketing político como está sendo agora!

0
Nunca a religião foi tão utilizada como marketing político como está sendo agora pelos candidatos a Presidência da República, Dilma Roussef e José Serra.

A primeira, talvez por ter sido a mais atacada por segmentos das religiões católica e evangélicas, tem buscado estar sempre acompanhada de pastores, padres e bispos em seus comícios.
No sábado passado, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo, seu comício foi precedido pelo pastor Melo e pelo padre Julio Lancelotti que, enquanto a candidata não chegava acompanhada do presidente Lula, entretinham o público com discursos e orações.

Padre Júlio destacou a presença de 20 religiosos no palco para mostrar o apoio à candidatura de Dilma. “Nós não temos medo. Nós não vamos esconder nosso rosto”, disse ele, que defendeu o afastamento do “demônio da mentira e da injustiça”.

“O Deus da Bíblia é o Deus dos pobres, dos desvalidos, dos que estão caindo à beira do caminho”, afirmou.
Já o candidato do PSDB, José Serra, passou o fim de semana associando seus comícios de campanha com eventos religiosos.  Ele esteve na cidade de Canindé, no Ceará, onde assistiu, na tarde de sábado, a uma missa na Basílica de São Francisco das Chagas onde estavam reunidos milhares de romeiros.

Porém, o candidato teve uma surpresa desagradável no final da cerimônia religiosa, quando o padre celebrante afirmou não serem verdadeiros os panfletos que circulavam na igreja e acusavam a candidata Dilma Roussef de ser a favor do aborto e de ter envolvimento com grupos terroristas como as Forças Armadas da Colômbia (Farc).  Ele afirmou que as mensagens estavam sendo atribuídas a igreja, mas que ela não havia autorizava este tipo de publicação em seu nome.

O senador Tasso Jereissati, que acompanhou a missa ao lado de José Serra, se exaltou e afirmou que era um “padre petista” como aquele que estava “causando problemas à igreja”. Outros partidários do tucano também se exaltaram, e o padre saiu escoltado por seguranças.
Nenhum membro da administração da paróquia confirmou o nome de padre. Disseram apenas que ele não era da cidade.
Fonte:Jornal Mundo Gospel
Veja também aqui no www.amigodecristo.com:

Revista Época: Deus entrou na eleição

Revista Época: Deus entrou na eleição Como o debate sobre Deus e o aborto interfere no segundo turno das eleições e pode inaugurar uma nova fase na política…

José Serra distribui cartão com frase sobre Jesus é a verdade e a justiça

José Serra distribui cartão com frase sobre Jesus é a verdade e a justiça Campanha distribui em SP cartão com frase de Serra sobre Jesus. “Jesus é a…

 

Novos santinhos da campanha de Serra terá inscrição sobre Jesus em destaque

Novos santinhos da campanha de Serra terá inscrição sobre Jesus em destaqueNesta quinta-feira (14), o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, voltou a dizer que é a…

 

 

Dilma Rousseff se encontra com líderes evangélicos

Dilma Rousseff se encontra com líderes evangélicosEm Brasília, a candidata do PT se comprometeu a não legislar sobre aborto e liberdade religiosa, caso seja eleita. Em Brasília, a…

Votos da fé

Contra a legalização do aborto, o casamento gay e a descriminalização da maconha, líderes de diferentes religiões se engajam na campanha eleitoral. Votos da fé Num país laico…

Lula pede a Deus pela vitória do Brasil em 2014

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, brincou sobre futebol, esta terça-feira, ao lado da colega argentina, Cristina Kirchner, e encomendou a Deus a vitória da Seleção…

Deixe uma resposta