Em Goiás, presidente Lula volta a citar Deus

1

Em Goiás, Lula volta a citar Deus e ataca Marconi Perillo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a citar Deus ao discursar nesta terça-feira, em Goiânia (GO), durante comício com Dilma Rousseff. O tom religioso nos discursos tem sido recorrente nos atos políticos da dupla nas últimas semanas, após a polêmica entre os líderes evangélicos e católicos e a candidatura de Dilma Rousseff no final do primeiro turno. Nesta noite, foram três citações.
A campanha atribui a boatos religiosos contra Dilma significativa perda de votos que levou a eleição para o segundo turno. “ Eu sou um homem que agradeço muito a Deus ter chegado onde eu cheguei. Eu acho que se tem um ser humano que precisa agradecer a generosidade de Deus, sou eu. Porque Deus, pegar um pernambucano de Garanhuns, filho de uma analfabeta (..) e chegar a Presidente da República”, afirmou.
Dilma também recorreu ao tom religioso para pedir votos durante visita a Goiânia. “Se Deus quiser e com a força de vocês, vai dar 13 para presidente da República”, afirmou em seu discurso antes de Lula. Mais cedo, em coletiva, a petista já havia declarado que “se graças a Deus eu for eleita, um dos meus compromissos será com a criação de empregos.
Ainda sobre a questão religiosa, Dilma disse que, no Brasil, pessoas de todas as crenças convivem de forma fraterna. “É a cultura da paz. Podemos bater no peito e olhar e dizer aqui não tem guerras religiosas, étnicas..somos um povo trabalhador e pacífico”, definiu.Lula também atacou o PSDB, do adversário José Serra e fez duras críticas direcionadas a Marconi Perillo (PSDB-GO), candidato ao governo de Goiás.

Sem citar Marconi nominalmente, Lula disse que o adversário de Iris Rezende (PMDB-GO), concorrente do tucano no Estado, faz uma “campanha bilionária” e o acusou de não ter caráter. “A questão de caráter.. não tem nada pior que um político sem caráter. Porque alguém que não colocou um trilho na rodovia norte sul e dizer que foi ele quem fez. Os tucanos têm aquele bico (..) é só xaveco no ouvido da gente”, disparou.

Lula trabalha pela vitória contra Marconi após o tucano, em 2005, ter revelado que advertiu o presidente sobre a existência de um mensalão e ele não teria reagido. A petista voltou a acusar em seu discurso a oposição de “criar medos” por estar com medo da derrota na eleição. “Usam de falsidade e calúnias. Em 2002, fizeram isso com o presidente Lula. E naquela época, criamos a campanha a esperança vai vencer o medo. Pois muito bem, nós vencemos o medo. Hoje criaram uma campanha de ódio”, alfinetou.
Fonte:Ultimo Segundo
Veja Também:

Lula diz que Deus fez a vingança que ele queria contra oposição!

Lula diz que Deus fez a vingança que ele queria contra oposição Em tom de despedida e desabafo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que Deus…

Visite: Amigo De Cristo, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Deixe uma resposta