Dilma busca apoio em templos e igrejas de Sorocaba

0

Dilma busca apoio em templos e igrejas de Sorocaba

Para tentar estancar a perda de votos entre os evangélicos e católicos, a campanha de Dilma Rousseff (PT) escalou em Sorocaba aliados para percorrerem igrejas e templos da cidade e da região, de diversas denominações, entre as quais a Universal do Reino de Deus, Batista, Quadrangular, Catedral Evangélica e ainda Assembleia de Deus, ministérios Madureira e Belém, esta última com cerca de 400 unidades espalhadas por 47 municípios.
O objetivo, segundo o presidente do PT em Sorocaba, José Carlos Triniti, é evitar a propagação “ainda maior” do que chamou de “rede de boatos e intrigas” plantados contra a candidata petista à Presidência da República, a respeito de temas polêmicos como o aborto, união civil entre pessoas do mesmo sexo e proibição de proferir religião em órgãos públicos.
A coordenação de campanha da presidenciável do PT escalou lideranças dos diretórios municipais dos principais colégios eleitorais do País, entre os quais Sorocaba, que conta com mais de 407 mil eleitores, para montar agendas com pastores, bispos, padres e diáconos, além de coordenadores de grupos ligados a assuntos políticos de vários segmentos religiosos.
Isto, para pedir o apoio a Dilma, apresentar e reafirmar as propostas de governo, sobretudo a temas ligados aos valores morais e cristãos, para que isso reflita em votos à candidata. “Nesses 19 dias que restam até o 2.º turno das eleições estamos intensificando as articulações junto a essas lideranças religiosas para que elas conversem com seus fiéis a respeito da onda de boatos que a oposição está plantando; mostrem a verdade dos fatos e ainda os fiéis possam conhecer as propostas e o que pensa, de verdade, a candidata Dilma Rousseff, a respeito desses assuntos polêmicos e ligados aos valores morais e cristãos, inclusive acessando a página da campanha na internet”, disse Triniti.
Ele acrescentou que O PSDB está distribuindo panfletos apócrifos para vincular a imagem da Dilma à legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Por isso, o PT chegou a criar uma central de boataria, para esclarecer as dúvidas dos eleitores. “Além disso, a coligação lançou um manifesto para o segundo turno, no qual queremos evitar e repelir esta verdadeira guerra suja que está sendo feita por alguns setores, tentando inclusive colocar temas religiosos como centro de uma disputa eleitoral”.
Esclarecer eleitores
Pela Igreja Universal do Reino de Deus, a “missão” ficou a cargo do pastor e vereador Irineu Toledo (PRB), que já participou de reunião com a cúpula do PT local. A determinação pelo apoio a Dilma veio do líder e fundador da Igreja, o bispo Edir Macedo. “O pastor Irineu, a pedido do bispo Edir Macedo, vai percorrer todas as igrejas de Sorocaba e região, conversando com os fiéis e desmentindo essa boataria”, explicou.
Presidente do Fórum Evangélico de Sorocaba e uma das lideranças da Igreja Batista do Calvário, Getúlio Galvão de Souza, disse que nesta semana intensificou os contatos com os fiéis para negar que a candidata do PT tenha dito que “nem Jesus Cristo me tira essa vitória” – frase atribuída a Dilma na internet.
Ressaltou Souza que a candidata já afirmou que é contra o aborto. “Além disso, está uma boataria muito grande sobre vários assuntos cristãos, que acabam confundindo os fiéis e, consequentemente, eleitores. Importante que, sabendo da verdade, possamos decidir. Não é uma postura correta do evangélico, do cristão, propagar boatos”, completou.
Fé e Política
O líder religioso Getúlio Galvão de Souza ressaltou que na próxima quinta-feira deve se reunir, acompanhado pelo deputado estadual reeleito Hamilton Pereira (PT) com o pastor Flávio Antonio, líder da Catedral Evangélica de Sorocaba, igreja oriunda da Quadrangular, para discutir o apoio à candidata Dilma. A Catedral Evangélica possui 40 igrejas no Estado, das quais 12 em Sorocaba.
Nos próximos dias ambos também devem se encontrar com o pastor Osmar José da Silva, presidente do Conselho de Pastores, e uma das lideranças da Assembleia de Deus, Ministério do Belém, que em 47 cidades da região possui 400 templos. “Em seguida vamos nos reunir com as lideranças do Ministério Madureira”, disse Galvão de Souza.
Pela Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) o pastor e deputado federal reeleito com 116.317 votos, Jefferson Campos (PSB), bem como o também pastor e vereador Carlos Cézar (PSC), eleito deputado estadual com 67.189 votos, disseram que vão seguir os partidos e apoiar Dilma Rousseff (PT) no segundo turno das eleições.
O Grupo Fé e Política, entidade ligada à Igreja Católica, tem mantido contato com lideranças da Arquidiocese, que possui 52 paróquias em 13 cidades da região, na tentativa, segundo declarou o coordenador do grupo, Carlos Leite, de rebater as acusações colocadas na internet a respeito da candidata do PT, Dilma Rousseff. “O objetivo é alertar o fiel e eleitor quanto ao voto consciente e livre, além de distinguir o que é calúnia, mentira, do que é verdade”, argumentou.

Fonte:Jornal Cruzeiro do Sul
Veja Também: 

Evangélicos centram fogo contra Dilma Rousseff

Evangélicos centram fogo contra Dilma Rousseff A candidata do PT, Dilma Rousseff, é acusada pelos evangélicos de desafiar Jesus Cristo em entrevista a um jornalista de Minas Gerais….

Porque votar em Dilma Rousseff?

Porque votar em Dilma Rousseff? Porque Dilma se tornou tão contraditória? Esse é o mal dos políticos em véspera de eleições, promete o mundo e fundo, dão bom…

Deixe uma resposta