Risco de 2º turno leva Dilma a acionar Lula

0

Risco de 2º turno leva Dilma a acionar Lula

Boatos entre religiosos de que a petista seria a favor do aborto e do casamento entre homossexuais, leva Lula à TV para alertar sobre “mentiras em campanhas”.

A ameaça de segundo turno fez a campanha de Dilma Rousseff (PT) reforçar a mobilização nos Estados e acionar o presidente Lula como vacina contra uma onda de boatos que circula entre religiosos católicos e evangélicos. Com essa estratégia, a equipe da petista espera vencer no primeiro turno.

Lula gravou inserções comerciais, que estavam programadas para ser veiculadas a partir de ontem à noite, nas quais “alerta” contra mentiras e boatos que costumam circular na reta final de campanhas. Lula dirá que o alvo desses boatos é a candidatura de Dilma.

Nas últimas duas semanas, a diferença da petista para a soma de todos os seus adversários caiu de 14 pontos para apenas 2, pela contagem de votos válidos -isso significa uma perda de cerca de 6 milhões de votos.

O comando de campanha identificou três motivos para a queda de Dilma: além da onda de boatos entre evangélicos e católicos contra a petista, uma desmobilização nos Estados em razão de um clima de “já ganhou” e o escândalo que derrubou Erenice Guerra da Casa Civil.

No caso dos boatos, a equipe de Dilma avalia que eles foram orquestrados, divulgando que a petista seria a favor do aborto e do casamento entre homossexuais. Daí que o PT decidiu não só usar Lula como vacina mas também intensificar contatos com religiosos. Hoje às 11h, Dilma já terá um desses encontros.

Pela manhã, Dilma já colocou a estratégia em ação, posando ao lado do deputado Manoel Ferreira (PR-RJ), líder de uma ala da Assembleia de Deus. O chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, foi escalado para conversar com líderes católicos.

Logo depois, Dilma gravou ao lado do presidente cenas para o último programa de TV, que vai ao ar amanhã.

Na avaliação do PT, o clima de “já ganhou” antes da queda levou os aliados a priorizar suas campanhas nos Estados e a deixar de lado a de presidente. A própria Dilma externou sua preocupação com a desmobilização.

“Queria fazer um apelo à militância para não esmorecer, ir para as ruas e disputar voto a voto. Peço serenidade, porque a gente está no rumo certo, ninguém precisa perder o rumo, temos que continuar tendo atitude serena.”

O presidente do PT, José Dutra, ao lado de petista, disse que não “briga com números”, mas afirmou que pesquisas internas do partido ainda apontam vitória de Dilma no primeiro turno. À tarde, divulgou nota convocando a militância: “Vamos vencê-los no voto, mais uma vez. Vamos dar a eles mais uma lição de democracia”, disse.

Fonte: Folha de São Paulo

Veja também:

DILMA ROUSSEFF É LÉSBICA?

“Dilma Rousseff é Lésbica, mas nunca quis assumir nosso romance publicamente”A declaração é de Verônica Maldonado, uma doméstica que afirma ter tido um longo romance com a atual…

Dilma diz: nem Jesus me tira essa vitória

O candidato ao Buriti Joaquim Roriz (PSC) voltou a atacar os militantes e candidatos do PT durante a agenda deste sábado (18/9). No primeiro compromisso da manhã, o…

Dilma é como uma Tartaruga no Poste!

Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho gari (cortada por um caco de vidro indevidamente jogado no lixo), o médico e o paciente começaram a conversar…

Deixe uma resposta