Religião não é Igreja!

Igreja não é Religião..

3
Religião não é Igreja!
Religião não é Igreja!

Religião não é Igreja! – Nestes tempos de sincretismo religioso, muito se tem falado sobre igreja; liberdade religiosa, de culto, de crença, de salvação fora da Igreja.Religião e Igreja são duas palavras distintas  que comumente são ignorada no seu sentido literal e prático.

Muitos têm confundido religião com igreja ou vice-versa em uma errante visão que vem usurpando e minando o verdadeiro significado e papel da igreja e sua função aqui na terra, que na verdade tem transformado a igreja em instituição ou clube recreativo, e não em um lugar sagrado onde a presença de Deus deveria ter total eminência e reverencia.

Na entrada desse milênio nunca vimos tantos cristãos descontentes em suas denominações e até mesmo com os seus lideres, e nem tantos escândalos adentrando portas a dentro de instituições que no passado brilhavam alvamente como véu da noiva de CRISTO, sem mancha e mácula.

E nesse marasmo, vemos lideres culpando fiéis e fiéis culpando lideres, e não me assusto em ver esse amotinamento de braços dado ao erro, se afundando cada vez mais sem conseguir atravessar de joelhos os buraco da agulha como os camelos faziam na saudosista parábola em que Jesus disse a seus discípulos:
” Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus. E ainda vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.” (Mateus 19:23-24)
Muitos têm deixado de ver a verdadeira noiva de Cristo, a igreja através do buraco da agulha e tem deixado de se ajoelhar por ela atravessar de joelhos como os camelos, pela religiosidade que cada vez mais ganha destaques em pregações metodológicas afinada em acordes de uma teologia que traz consigo um inssureal vergão.

A liberdade religiosa, de culto, de crença, tem se propagado por ai que placas ou igreja não salva ninguém! Não creio nisso meu irmão isso é um ledo engano, a palavra nos adverte e fala que não existe salvação fora da Igreja, e no mesmo relativismo Jesus nos diz que importa que joio cresça junto ao trigo que significa e ser trigo dentro da igreja e não joio:

“Enquanto o cristão habitar nesta terra, o joio sempre existirá; não há Igreja composta só de trigo. Ninguém nunca encontrará uma Igreja (Instituição) perfeita, pois sempre existirá dentro da mesma intenções e disposições diversificadas e isso, por incrível que pareça, não é de hoje; desde a época de Cristo tem sido desta forma.”

Finalizando: sejamos o trigo, e não a religião, sejamos o corpo o membro, sejamos a vara firme na videira, e quando o pelo Pai fomos podados que seja para darmos mais frutos, sejamos a noiva viva, ataviada sem mácula e manchas de Cristo, amando-nos uns aos outros cordialmente assim como Ele nos ama, e deixamos todos os rudimentos ritualísticos e sofistas que nos separa da graça de Deus.
Graça e paz a todos em nome de nosso Senhor e Rei Jesus.

No amor em Cristo, R.Falbo.

3 COMENTÁRIOS

  1. Amém meu irmão, tenho seu elogio como louvores ao Rei e Mestre Jesus, a Ele seja dada toda a glória e honra, e louvo a Deus pela vossa preciosa vida, que o Senhor te abençõe nesse ano 2011 grandemente!
    Paz sejas contigo e família, vosso conservo em Criso Roberto Falbo.

  2. Pois é irmão, muitos hoje têm confundido as coisas. Concordo que essa "religiosidade" tem afastado muitas pessoas do verdadeiro Deus e da sua salvação.

    Belo Post.

    Um Abraço
    Ricardo Silva – Equipe Novo Evangelismo

Deixe uma resposta