Presidente Lula sanciona lei que institui “Dia do Evangélico”

0

Líderes evangélicos se mostraram surpresos ontem ao saber que a lei 12.328 — que institui o dia 30 de novembro como Dia do Evangélico — foi sancionada quarta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O decreto foi publicado ontem no Diário Oficial da União. O projeto é do deputado do Partido Republicano Brasileiro (PRB-MA), Cléber Verde.
— É uma iniciativa simpática, mas, todavia, a República nasceu laica e precisa continuar laico. Defendo a separação entre Igreja e Estado para que haja democracia. O presidente precisa despertar para esse aspecto da Constituição — explica o presidente da Catedral Presbiteriana do Rio e da Academia Evangélica de Letras do Brasil, Reverendo Guilhermino Cunha.

O diretor-geral da Convenção Batista Carioca, Pastor Walmir Vieira, concorda:

  — Não há necessidade disso. O dia do evangélico é todo dia, quando damos testemunho de uma vida cristã e bonita. Se existe um dia do evangélico, será preciso haver um para os católicos, para os espíritas.
Teólogo e professor de Filosofia, o pastor Alexandre Marques também destaca a importância de não privilegiar nenhuma religião:

— Será preciso haver um dia para as tradições orientais e africanas, que foram demonizadas e atacadas.
Fonte: Extra / Gospel Prime

1 COMENTÁRIO

  1. QUE BOM, por um lado desmistifica o mito que Lula é comunista, é satanista, ele seu partido vai perseguir os evangelicos. Como esse país vive de mentira e fofocas. Agora notorio são comentarios dos lideres religosos acima exigir que o Presidente Lula entenda de biblia. Isso é demais,nao!!!

  2. Por isto que gosto do povo de Brasília, são pessoas esclarecidas! Estudiosas!
    Parabéns Emerson pelo seu comentário, sou Paulistana e admiro o povo Brasiliense – e tb aqueles que são brasilienses de coração!!!
    Parabéns tb ao Deputado Cleber Verde, do Maranhão pela iniciativa, pois um estado laico que tem dia de tudo o que é santo, pode tb ter um dia para homenagear aqueles que pregam o evangelho de Cristo. PARABÉNS!!!!!!!!

  3. Fiquei muito contente com a lei, mas nem tanto com os comentários dos líderes evangélicos, apesar de respeitar e entender os respectivos pontos de vista.
    Criar o dia do evangélico num dos países mais católicos do mundo é uma grande vitória, estamos colhendo o trabalho que foi plantando a vários anos pelos pioneiros, que sofreram perseguições e humilhações em nome do evangelho. Isso é uma prova que de quanto nós crescemos e tornamos importantes para este país. É verdade de a constituição estabelece que o Brasil será laico, mas também ela protege a cultura deste país, esta lei só reafirma o espaço que o evangélico vem obtendo dentro da cultura brasileira, assim como outros dias como o Natal, Carnaval, Páscoa, dia dos mortos … todas estas são datas cristãs e se fossemos seguir o conceito de país laico, estas datas não teriam que ser comemoradas, mas são porque fazem parte de nossa cultura.
    Morro em Brasília e aqui criou-se uma lei distrital para o dia do evangélico a um bom tempo, senão me engano desde 2000, determinando que fosse feriado distrital em todo dia 30 de novembro.
    Portanto meus irmãos, como diz a Bíblia : "até aqui o Senhor nos tem ajudado e por isso estamos muito alegres".
    Senhor muito obrigado por mais esta benção, somente tua é a honra e glória. Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor.
    um abraço e fiquem na paz de Deus

Deixe uma resposta