Deus Existe – Comercial da Macedônia (Albert Einstein) LEGENDADO

5

Este artigo se refere à um suposto debate entre Albert Einstein e um professor de uma Universidade de Berlim, onde Einstein nem foi aluno, mas sim professor por volta de 1914 com um video entitulado Comercial da Macedônia.


Deus Existe – Comercial da Macedônia (Albert Einstein) LEGENDADO

Ele acreditava em Deus
Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta:

Deus criou tudo o que existe?
Um aluno respondeu valentemente:
“Sim, Ele criou.”
Deus criou tudo?
Perguntou novamente o professor.
“Sim senhor”, respondeu o jovem.
O professor respondeu,
“Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?”
O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era um mito.
Outro estudante levantou a mão e disse:
“Posso fazer uma pergunta, professor?”
“Lógico.” Foi a resposta do professor.
O jovem ficou de pé e perguntou:
“Professor, o frio existe?”
“Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?”
O rapaz respondeu:
“De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objeto é susceptível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia.
O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentimos se não temos calor”
“E, existe a escuridão?”
Continuou o estudante.
O professor respondeu: “Existe.”
O estudante respondeu:
“Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz.
A luz pode-se estudar, a escuridão não!
Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas.
A escuridão não!
Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz.
Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim?
Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente”
Finalmente, o jovem perguntou ao professor:
“Senhor, o mal existe?”
O professor respondeu:
“Claro que sim, lógico que existe, como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal.”
E o estudante respondeu:
“O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus.
Deus não criou o mal.

Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz.
O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações.
É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.”
Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado…
Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome?
E ele respondeu:
ALBERT EINSTEIN.”

5 COMENTÁRIOS

  1. Caro amigo anonimo, não me refiro ao cientista Eistein mas a simplicidade da propaganda em que mostra como uma criança pode vêr as coisas de forma simples, que é algo que “os grandes sabios da atualidade´´ não conseguem ver, pois se perderam em pensamentos até relevantes para esta vida, mas se tornaram polarisados, não conseguem mais ver Deus alem de seus proprios conceitos e pré-conceito escurecidos.
    Reforço que os admiro como genios da atualidade, mas não são, não foram e nunca serão os donos da verdade e nem detentores do conhecimento pleno.
    Um grande abraço, e creio que não prescisa se colocar como anonimo, Deus acolhe a todos, independente de sua filosofia de vida, e o responsavel pelo blog tambem o aceitara cordialmente.
    Foi bom o seu comentario, nos leva a refletir.

  2. Caríssimo visitante anônimo, agradeço sua visita e compreendo sua posição em relação ao texto e ao vídeo, Deus na verdade não obriga a ninguém a crer Nele, e nem a segui-lo ou amá-lo.

    Bom se você teoricamente e ideologicamente tem argumentos contundentes contra a logica que a ciência mesma a reconhece que o frio é uma ausência de calor e a as trevas de luz, seja coerente e educado e os expõem em uma pagina e refute, mas seja educado e principalmente usa uma gramática atrativa, sem ter que recorrer a vocábulos desnecessários e torpes, pois se não você será um fracasso em seus argumentos, e isso fará de você uma pessoa triste e oprimida pelo vexame que o fracasso imoral traz lapidado na falta de criatividade.

    Quero que saibas que você sempre será bem vindo aqui para refutar qualquer texto, ou teoria desde que se comporte com decência e respeito, pois suas palavras são de ódio e de rancor, e com elas você não oferece nenhuma edificação ou crescimento na vida de ninguém e muito menos na sua.
    Seus comentários foram deletados por infringir as regras paz seja contigo!

  3. AI AI AI AI , REALMENTE UM TOSQUEIRA SEM TAMANHO HAHAHA NOSSA COMO EU ESTOU RELAXADO PRA REFUTAR TOTALMENTE ESTA COISA IDIOTA QUE ACABEI DE LER.

    ESTE CARA QUE POSTOU AI "GUYROCHA" richard dawkins e daniel dannet JA OUVIRAM ESTA HISTORINHA RIDICULA AAAAAAAAAAAA MUIIITOOO E MUITOOOO TEMPO , e realmente sabe o que eles acham disso?

    que é lixo, puro e simplesmente, albert einsten nunca disse isto, isto é pura invenção, e mesmo se tivesse dito, não siginificaria nada,UMA CRIANÇA QUE AINDA NÃO ERA CIENTISTA E QUE DEPOIS VIRARIA CIENTISTA FALAR ISSO NÃO FAZ A CIENCIA ESTAR ERRADA , E MESMO ASSIM O QUE FOI DITO ESTA ERRADO.

Deixe uma resposta