Beleza sem virtude é como uma rosa sem fragrância

0
Beleza sem virtude é como uma rosa sem fragrância
Beleza sem virtude é como uma rosa sem fragrância

Beleza sem virtude é como uma rosa sem fragrância, assim é a vida do cristão quando deixa de viver o constrangimento da graça redentora em sua vida.

Tem uma beleza exterior, mas o interior se encontra desvirtuado do amor de cristo, já não consegue mais exalar o perfume do evangelho através de sua vida.
Isso acontece constantemente, por muitos deixarem de viver uma vida de consagração e entrega do verdadeiro sacrifico que Deus requer daqueles que se rendem à majestosa gloria da cruz.
Um grande erro que conduz o cristão da atualidade perder sua fragrância muito comum hoje, na vida dos que se tipificam no “termo” é a hipocrisia de pregar o que não se vive, ou tentar ser o que não é, desobedecendo a princípios simples de conduta que leva a qualquer pessoa perder sua essência, assim como toda sua reputação fictícia.

O que me constrange escrever esse texto é exatamente uma série de más experiências que vivi de perto com uma pessoa nestes últimos meses, que como uma “Rosa” trazia consigo uma beleza com uma fragrância de um rotulo Cristão involuntariamente falsificado, e gostaria muito de ver esta mesma pessoa divagando novamente pelos átrios do jardim que o Senhor nos conduz quando estamos em perfeita comunhão com Deus.

Um dos maiores obstáculos que encontrei na vida dessa pessoa, foi à falta de domínio próprio, que na vida do cristão é uma atitude que precisamos muito dela no dia a dia, para que nossa vida funcione bem, para que possamos alcançar a todos que se encontra ao nosso redor com o cheiro suave de Cristo em nossa vida, e ganharmos as preciosas almas para o Senhor começando dentro de casa em nossa familia.

A Bíblia no livro de Gálatas  nós revela a relação do fruto do Espírito Santo que pode ser encontrado na vida do cristão: Amor, alegria, paz, paciência, delicadeza, bondade, fidelidade, humildade, domínio próprio.
Há uma luta entre a carne e o Espírito na vida do cristão, o objetivo dessa luta é afastar o cristão de revelar em sua vida o fruto do espírito. Todos são fundamentais para se ter uma vida abundante e consolidada em Deus.

O que contemplamos hoje, são pessoas que agem por impulso, não refletem sobre suas decisões e sobre as conseqüências das mesmas, simplesmente querem agir no momento e no impulso. Pessoas destruíram seus relacionamentos por decisões impulsivas; Casamentos são desfeitos por decisões impensadas; Lares abandonados por filhos queixosos de decisões impensadas dos pais. A bíblia sagrada nos dá o manual do ser Humano Feliz, entre outras orientações, o exercício do domínio próprio como uma forma de atingirmos o que desejamos do jeito que Deus quer nos dar.

Como fazer para obter domínio próprio – é fruto do espírito santo de Deus, é o resultado de uma vida nas mãos Dele, logo o primeiro passo para obter o domínio próprio é ter uma real experiência de conversão a Jesus Cristo. O segundo passo é permitir que a palavra de Deus guie completamente sua vida. O terceiro passo é buscar uma vida de oração com o Senhor.

Obstáculos para Exercício do Domínio próprio – O temperamento é fator que pode dificultar muito no exercício do domínio próprio, contudo não deve ser uma Desculpa; é que também o temperamento pode e deve ser controlado pelo espírito santo. O apóstolo João, conhecido como Boanerges (trovão), aquele mesmo que pediu a Jesus que derramasse fogo do céu quando o povo não quis ouvi-lo, após ter seu temperamento controlado pelo espírito santo, passa a ser o apostolo ou discípulo do amor.

Egocentrismo é o outro fator muito forte na falta de domínio próprio, a pessoa coloca-se como número um em tudo, e não aceita ser contrariada, quando isso acontece vem à explosão.

Precisamos verificar também o estado clinico, pois pessoas com hipertensão e não devidamente controladas, tendem a irritarem-se com facilidade, pois tenho vivido essa realidade bem de perto com minha mãe, “mas o texto aqui é dedicado a outra pessoa”.
Falta de comunhão com o Pai celestial, faz o crente irritar-se e perder o controle com coisas simples e contornáveis.

Podería citar outros fatores que já citei ao início do texto mais detalhadamente, mais uma coisa vale à pena ressaltar, podemos ter sérios prejuízos em nossa vida pela falta de domínio próprio.

Você sofre desse mal? quer tratá-lo? Verifique primeiro se você está piscologicamente bem, caso você esteja, comece a buscar o Espírito Santo em sua vida.
Como fazer isso? Procurando viver os ensinamentos da bíblia. Tendo uma vida de comunhão e oração. Experimente exercer o auto controle e verifique os benefícios que isso pode te trazer.

Autor: Roberto Falbo

Deixe uma resposta