Uma briga de cachorros

0

Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne (Gálatas 5:16).

Uma briga de cachorros

Um cristão africano certa vez visitou um missionário por ter uma grande inquietação dentro de si. Ele tinha o desejo de fazer a vontade de Deus, mas não conseguia obedecer. Pensava que era inclinado ao mal da mesma maneira que era antes de se tornar cristão. O homem descrevia essa luta íntima como uma briga de cachorros. “É como se houvesse um cão preto e um cão branco se atacando todo o tempo”, relatou o africano. O cão preto era mau e o branco, bom. O missionário perguntou: “E qual deles vence?” Depois de pensar um pouco, o homem respondeu: “Aquele que eu alimentar mais”.

Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço (Romanos 7:19).

O cristão africano chegou bem perto da resposta dada na epístola aos Gálatas à mesma questão: “Andai em Espírito”. Essa é a maneira de alimentar o “cão certo”.

O versículo não diz que devemos andar no Espírito Santo e não tentarmos satisfazer a vontade da carne, mas afirma que não cumpriremos a concupiscência da carne. O resultado da conduta no Espírito Santo nos é garantido.

Paulo mostra aos gálatas que todos os que pertencem a Cristo “crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências” (Romanos 5:24). O crente não está mais “na carne, mas no Espírito” (Romanos 8:9). Portanto, o apóstolo argumenta: “Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito” (Romanos 5:25).

Isso é possível para nós, seres humanos? Claro! O Espírito de Deus habita dentro de nós e é dEle que vem a força e o poder para vivermos nEle mesmo.

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

Deixe uma resposta