O presidente Lula comete gafe ao falar de igreja e cinema

0

Lula: “É melhor um cinema do que sala vendida para uma igreja”

O presidente Lula comete gafe ao falar de igreja e cinema
O presidente Lula comete gafe ao falar de igreja e cinema

O governo federal lançou nesta quarta-feira o programa “Cinema Perto de Você”, que tem como objetivo estimular empreendimentos privados, com linhas de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a construção de 600 novas salas de cinema em todo país. A meta é fazer com que todos os municípios com mais de 100 mil habitantes que ainda não tinham salas passem a tê-las. São 89 municípios nessas circunstâncias, entre elas Belford Roxo (RJ).

Lula, que por diversas ocasiões foi ovacionado com o coral “olê, olê, olá, Lula, Lula”, afirmou que é preciso que os empresários se preocupem em criar condições para atrair o público para o cinema. Ele disse que muitas salas foram vendidas para igrejas porque elas ofereceram melhor negócio para os empresários.
– Precisamos mostrar para o empresário que é melhor ter um cinema do que vender a sala para uma igreja qualquer.
Para Lula, a boa qualidade da TV brasileira também faz com que as pessoas fiquem em casa.
– Somos um pouco vítimas da qualidade da TV brasileira. Algumas exibem novelas que prendem as pessoas em casa. Precisamos oferecer vantagens – sugeriu.

O BNDES dispõe de R$ 500 milhões para o programa. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou uma medida provisória que, se aprovada, garante isenção de impostos federais (PIS/Cofins) para os novos empreendimentos. Lula cobrou dos governadores e prefeitos que façam o mesmo.
Municípios com população entre 100 mil e 500 mil – 146 no total – que já têm salas de cinema, como é o caso de Luziânia e de Florianópolis (SC), também poderão aderir ao programa, bem como cidades acima de 500 mil, com predominância da população na classe C. Para ter acesso ao crédito, os empreendimentos devem prever, no mínimo, três salas . A operação financeira mínima será de R$ 1 milhão, com dez anos de prazo para pagamento.

  • Assista o depoimento:

Fonte: Globo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta