Cristãos nigerianos sofrem novo ataque

0
Cristãos nigerianos sofrem novo ataque
Cristãos nigerianos sofrem novo ataque

Cristãos nigerianos sofrem novo ataque

Houve mais um ataque aos cristãos na Nigéria, dessa vez o ocorrido se deu no Estado de Kano. Agora, duas igrejas e a casa de um pastor foram destruídas.
Assim como no último incidente, ocorrido em maio, cerca de 100 jovens muçulmanos extremistas aproximaram-se das propriedades e da igreja, atacaram as pessoas que estavam ali e incendiaram as construções.
Felizmente dessa vez ninguém foi assassinado, entretanto, por causa do grande número de mortos do último ataque, pouco se tem falado na mídia sobre esse novo incidente. E também raramente a mídia trata desses ataques como perseguição religiosa, mas, sim, na maioria das vezes, como conflitos tribais.

A Nigéria está dividida pelo meio, tendo muçulmanos ao norte e cristãos ao sul, mas, apesar dos últimos ataques, nem toda a violência é cometida apenas por muçulmanos radicais contra cristãos evangélicos. Muitos cristãos nominais ou pessoas que se denominam “cristãos” apenas porque não são muçulmanas e são afetadas pelos conflitos têm atacado também as comunidades muçulmanas.
É importante ressaltar também que realmente nem toda violência tem fundamento religioso. De acordo com a ABC News, há um sério conflito histórico entre o grupo étnico Berom (predominantemente cristão) e os grupos Hausa e Fulani (predominantemente muçulmano). Além disso, as disputas políticas pelo lucro com o petróleo na região também contribuem para os últimos incidentes.
Ainda assim, há grande esperança e muitos cristãos têm demonstrado isso. Após os ataques de março, muitos pastores começaram a pregar sobre perdão e o cerne da pregação desses irmãos tem sido: “Foi isto que ocorreu com Cristo: ele foi perseguido! Nós temos experimentado o que ele mesmo sentiu em nossas próprias vidas. Mas quando Cristo estava dependurado na cruz, ele disse: ‘Perdoa-os, pois não sabem o que fazem’. Esta é a nossa chance de experimentar isso também!”.

Os cristãos têm ouvido a essa mensagem e, apesar dos novos ataques, têm permanecido firme no Evangelho e no perdão.
Ore pela recuperação física e emocional dos muitos cristãos que ficaram feridos no ataque de maio e ainda sofrem com isso e peça ao Senhor que esse novo incidente possa ser uma semente de avivamento.
Tradução: Homero S. Chagas
Fonte: Mission Network News

Deixe uma resposta