Quando o homem deixa Deus de lado!

3
Quando o homem deixa Deus de lado!
Quando o homem deixa Deus de lado!

Quando o homem deixa Deus de lado!

A maior estultícia do homem é quando deixa Deus de lado isso é fato.
Podemos deixar Deus de lado em diversas situações, entre elas a primeira vem através do pecado, e foi justamente assim que um notável homem de Deus deixou Deus lado, por se encontrar afortunado em condições almejável em que qualquer pessoa sonha um dia chegar.
Davi segundo a bíblia era um homem conforme o coração de Deus, foi o escolhido por Deus para reinar em Israel no lugar de Saul, porque que era um homem íntegro honesto .
Em sua tarefa de reinar sobre Israel executou todas as ordenanças e andou fielmente no caminho do Senhor. Foi grandemente abençoado por Deus, a mão do Senhor sempre esteve sobre ele em todas as circunstâncias; Prosperidade, segurança, saúde, riqueza, filhos e esposa, um reinado perfeito.
Assim como todos nós desejamos alcançar nossos objetivos Davi caminhando com Deus alcançou todos os desejos do seu coração, mas como todo ser humano não estava satisfeito, e pecou assim como todos nós cometemos em nossas fraquezas, na ausência de exatidão no caminhar com o Senhor.
 Davi deixou Deus de lado, quando um dia deixou de olhar para Ele e olhou para o lado errado; Eaconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista. (II Samuel 11:2) ao horizonte, seus olhos conseguiram ir mais longe do que sua integridade, Ele viu Bate-Seba, uma mulher bonita, tomando banho nu  (“Nota” ela era casada)-2 Samuel 11:2. Neste momento, ele deveria ter virado os olhos para outra coisa, procurando não pensar mais na imagem do corpo da mulher de outro.
É exatamente nesses momentos de fraqueza, ganância, cobiça e lascívia, etc… Que deixamos Deus de lado, quando deixamos o egoismo falar mais alto do queà sutil e suave voz de Deus.
Não devemos alimentar pensamentos profanos!
Uma série de erros e pecados e desejos carnais, levou Davi ao ato de adultério. “Então, enviou Davi mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela”(2 Samuel 11:4)

“Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte” Tg 1. 14- 15.

 *(Siginificado palavra engodado: Nutrir a esperança de alguém por meio de promessas infundadas; iludir, enganar, lograr,”Sendo enganado pelos próprios pensamentos”)O pecado sempre esta a porta batendo e martelando, sua oferta sempre aos olhos reluz como se fosse ouro, sempre é apetitoso e tentador uma perfeita armadilha que leva o Cristão a morte, que é o seu salário, é por ele que perdemos a graça imerecida de Deus ir embora para o julgo tomar lugar e a ira de Deus se acender.

A ira de Deus muito pelo contrário que do muitos julgam ser um castigo, ou punição é na verdade a Justiça que Ele usa quando erramos para nos corrigir e não punir, para buscar de volta o que se perdeu.
Davi quando descobre que Bate-Seba estava grávida se torna tendencioso e obstinado a resolver sua situação de uma maneira sórdida para complicar mais ainda o cenário vil e cruel, resolve matar Urias um bravo e dedicado soldado esposo de Bate-Seba, enviando Urias a entregar uma carta para Joabe (cúmplice) em um conflito de batalha que selaria sua própria morte.
Quando deixamos o Espírito Santo de lado e engodamos os desejos infames de conquistar o que não se deve, sempre atropelamos tudo e todos que se encontram pelo caminho, é assim que o diabo agi, sempre focado em afastar o homem de Deus em causar a queda do homem.
O Homem não pode esconder nada de Deus!
– E O SENHOR enviou Natã a Davi; e, apresentando-se ele a Davi, disse-lhe: Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre.
– O rico possuía muitíssimas ovelhas e vacas.
– Mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma pequena cordeira que comprara e criara; e ela tinha crescido com ele e com seus filhos; do seu bocado comia, e do seu copo bebia, e dormia em seu regaço, e a tinha como filha.
– E, vindo um viajante ao homem rico, deixou este de tomar das suas ovelhas e das suas vacas para assar para o viajante que viera a ele; e tomou a cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele.
– Então o furor de Davi se acendeu em grande maneira contra aquele homem, e disse a Natã: Vive o SENHOR, que digno de morte é o homem que fez isso.
– E pela cordeira tornará a dar o quadruplicado, porque fez tal coisa, e porque não se compadeceu.
– Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul;
– E te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas. (II Samuel 12:1,2,3,4,5,6,7,8)
“E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas” (Hebreus 4:13)<span
style=”font-size: 14pt;”>
O arrependimento é com certeza o primeiro passo que o homem deve dar para reparar um erro e para que seja perdoado de seu pecado, e restabelecer a comunhão com Deus.
Davi se entregou nas mãos do Deus justo, e confessando a culpa do pecado cometido: “Pequei contra o SENHOR” (2 Samuel 12:13).
– Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.)
– Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão. (Salmos 32:5,6)
O Salmo 51 mostra a profundidade do remorso de Davi. Ele assumiu plena responsabilidade pelo pecado, e pediu a ajuda de Deus para renovar seu coração:
– Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.
– Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. (Salmos 51:4-10)
É este arrependimento que Deus quer do pecador que volta para Deus!
Um coração contrito e quebrantado!
No amor de Cristo vosso conservo Falbo
Autor: Roberto Falbo

3 COMENTÁRIOS

  1. Com certeza,o pecado nos afasta da presença do Senhor,cabe a nós nos arrependermos,e olharmos novamente para nosso Pai,e segui-lo.Orai e vigiai!

    Abraço!

Deixe uma resposta