Por que é difícil dizer não às drogas

2

Mensagem para um dependente químico em recuperação.

Por que é difícil dizer não às drogas
Por que é difícil dizer não às drogas

Por que é difícil dizer não às drogas – Quem usa drogas pela primeira vez não vê os amigos se acabando nas sarjetas e não acredita que vai ser um viciado.

Sabe qual é a probabilidade hoje de um adolescente ter algum tipo de contato com o mundo das drogas? Cem por cento. Quarenta e dois por cento deles já viram alguém sob o efeito de substâncias proibidas. Os que não viram, de três, uma. Ou têm um amigo viciado, ou já foram a uma festa onde havia consumo de drogas, ou sabem quem é o traficante do bairro. O acesso aos tóxicos nunca foi tão fácil. Os preços caíram. Com 10 reais ? valor de uma entrada de cinema ? é possível comprar 1 grama de cocaína. A maconha está ainda mais barata. Para adquirir um cigarro, basta ter 1 ou 2 reais. Soam românticos os tempos em que se imaginava que o primeiro contato de um adolescente com as drogas poderia ocorrer por intermédio de um lendário traficante disfarçado de pipoqueiro. Hoje, sabe-se que os entorpecentes são vendidos dentro do próprio colégio, por um aluno que trafica em troca de dinheiro para financiar seu vício. Pior: ele pode ser um colega de classe.
A grande questão para os pais não é mais evitar que seu filho tenha contato com drogas. Isso é praticamente impossível. O desafio é que ele não se torne um dependente. Como fazer isso? Em primeiro lugar, faz-se necessário saber o que leva um adolescente a provar substâncias proibidas. O senso comum falaria em desajustes familiares, frustrações, problemas em casa e na escola. Segundo a maior parte dos especialistas, a resposta é bem mais prosaica e se resume a uma palavra: curiosidade. “Para muitos adolescentes, provar a droga faz parte do ritual da adolescência. É como ‘ficar’ pela primeira vez”, acha o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A curiosidade leva a garotada a experimentar, mas apenas uma minoria desenvolve o vício. O jovem pode tornar-se um consumidor compulsivo, aí sim devido a frustrações e problemas familiares. “Se o adolescente estiver passando por um momento difícil, fica mais fácil chegar à dependência”, opina o psicólogo Luciano Chati, que dá cursos em escolas sobre prevenção contra o uso de drogas.
Há outro aspecto interessante. De acordo com um levantamento feito pelo governo dos Estados Unidos, o caminho em direção às drogas pesadas começa pelo álcool e pelo tabaco. “Essa migração nem sempre é obrigatória, mas adolescentes que fumam cigarro e bebem estão predispostos a experimentar outras drogas”, alerta o psiquiatra Sérgio Nicastri, mestre pela universidade americana Johns Hopkins e especialista vinculado ao Hospital das Clínicas de São Paulo. A pesquisa do governo americano diz que o uso, mesmo que esporádico, de cigarros comuns aumenta em 65 vezes a probabilidade de que o fumante venha a provar maconha. E quem já teve contato com a erva corre 104 vezes mais risco de experimentar uma carreira de pó. Isso ocorre, segundo Nicastri, porque depois de tomar alguns copos de cerveja o jovem se torna mais receptivo se alguém oferecer um baseado. Se o “barato” está ali disponível, o que custa experimentar? “É próprio do adolescente buscar o prazer sem se importar com as conseqüências”, diz o psiquiatra.
Dessa forma, fica praticamente inevitável concluir o óbvio: o lar onde existe diálogo tende a ser a melhor defesa contra os conflitos e frustrações que transformam a curiosidade em vício. A atitude dos pais também é muito importante. Aqueles que bebem compulsivamente na frente dos filhos, por exemplo, dando a entender que é um hábito natural, são um péssimo exemplo. Como se viu, o álcool é, muitas vezes, a porta de entrada para o mundo das demais drogas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá, a paz de Cristo seja contigo, (Mãe querida ) de um filho que precisa de ajuda!
    Querida, posso imaginar o drama que você vem enfrentando, já passamos por isso também, e é triste ver alguém que amamos se acabando pelo vicio, e verdadeiramente o sentimento de impotência tende a tomar conta de nosso animo, mas digo a você que não te desanimes, não entregue suas esperanças, pois nessa fase critica você precisa ser forte, para poder contribuir com a ajuda de Deus em sua causa, leia esse provérbio:

    Provérbios 24
    10 Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.

    Não sejas fraca no dia da tua angustia, mas ore para que Deus salve e restaura a vida de teu filho, e o livra da morte, essa morte em questão é a morte espiritual, e causas espirituais precisamos lhe dar com elas no plano espiritual, o apostolo Paulo no ensina que nossa luta não é carnal:

    Efésios 6:12 pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.

    Procure ser forte (Mãe querida) e tenhas certeza que com sua fé ativa em Jesus o CRISTO, Deus vai te capacitar para vencer todas essas hostes das trevas em sua família.

    Conselho – Procure se fortalecer em Deus, para que sua fé seja renovada todos os dias, e sobre seu filho procure ter uma relacionamento de amor e compreensão com ele, procure encontrar os motivos que o leva a ele beber, e comece a trabalhar a partir daí, com uma visão fora do problema, tente olhar as coisas de outro ângulo, e comece uma campanha de oração e intercessão pela vida dele, se a oração de um justo pode muito em seus efeitos, quem dirá um clamor de uma Mãe com o coração contrito em Deus, a palavra diz que Deus não resiste a um coração contrito.

    Minha Irmã estarei orando por ti, e intercedendo nessa causo pelo teu filho amado, e creias que Deus vai libertá-lo e dar vida com abundancia para ele, Jesus veio ao mundo justamente para isso para libertar os cativos, então oremos e suplicamos pelo favor divino de nosso amado Jesus por essa causa.
    No amor de nosso Senhor Jesus Cristo vosso conservo Falbo ( Amigo De Cristo)

  2. Tenho um filho com problemas com alcoole drogas minha familia nunca teve malexemplo para isso estou muuuuuito triste e desanimada. choro muito não durmo direito nada que faço resolve miha tristeza é tão desesperadora que as vese tenho a impressão te ser ptocavel. preciso tanto de ajuda minhas forças estão minando , minha fé nem sei se tenho mais, minha vida esta sem cor , não sinto gosto em nada .tudo pra mim náo tem graça. sintomedo do que me espera. estou sofrendo muitoqueria soumpouco de paz. quero ficar só. por favor preciso de ajuda, mais acho que ninguem pode faser nada por mim só DEUS E POR ENQUANTO NÃO SEI TAMBEM…………………………….

Deixe uma resposta