É muito fácil se irar

0
É muito fácil se irar
É muito fácil se irar

É muito fácil se irar

É muito fácil se irar, frustrar-se e desencorajar-se.

Qualquer pessoa pode facilmente ser levada a isso; não lhe é requerida nenhuma habilidade para que exiba tal atitude.

Apenas pelo fato de você estar irado – ainda que por uma razão justificada –, isso não significa que você tenha que fazer com que a situação piore ainda mais.

Retribuir com ira só irá feri-lo, e tanto quanto a outra pessoa.

Mas afinal, será isso mesmo que você deseja?

Contudo, o fato de você se sentir terrivelmente frustrado não constitui razão para que você crie um ambiente para uma frustração ainda maior!

Uma realização cheia de significado acontece em função do seu esforço pessoal, mesmo em meio a uma série de circunstâncias negativas.

Pare por um momento e se pergunte: “O que posso fazer agora, diante dessa situação, que até poderia fazer uma diferença positiva?…”

Certamente que você irá eventualmente se sentir irado, frustrado, amargurado e desencorajado.

Isso é perfeitamente compreensível e natural. Entretanto, isso não lhe confere razão para agir contra seu próprio interesse.

Com Deus, e exercitando a mente de Deus, SEMPRE existe uma maneira de melhorar qualquer situação, por pior que seja.

Busque a Deus, e aja baseado no caráter dele.

E veja então a sua circunstância assumir uma postura que você jamais imaginou possível!

Autor:Desconhecido

1 COMENTÁRIO

  1. Irmão o fato de você conseguir enxergar que se alterar e agir apenas instintivamente e impulsivamente através da ira, já é louvável, pois o pior é não reconhecer que está alterado, que esse sentimento não é bom, e não reconhecer que na ira nada que façamos nos edifica e nem tão pouco edifica as pessoas que estão ao nosso lado. Parabéns pelo discernimento, e que Deus te faça um homem sereno e lúcido diante das dificuldade, nunca recorrendo a iras, ofensas, ou agressividade. A paz seja contigo!

  2. O grande negócio é de fato entregarmo-nos ao Senhorio de Cristo. Mas não somente com os lábios, porém, fazendo a sua vontade expressa na Palavra. A partir do momento em que a nossa fé for real, Deus, que sonda os corações, não somente nos ouvirá, como nos responderá e nos confortará nas adversidades.

    Grande abraço!

    SDG!

    Ricardo.

Deixe uma resposta