ATIRE A PRIMEIRA PEDRA

0
ATIRE A PRIMEIRA PEDRA
ATIRE A PRIMEIRA PEDRA

ATIRE  A PRIMEIRA PEDRA
 Os fariseus e escribas nomenclatura de pessoas que sempre tinham a si mesmas por justas, que sempre andavam em busca de uma ocasião para expor o escárnio alheio, e tinham por costumes se justificarem em cima de pecadores pelo fato de ser os estudiosos e eruditos da lei Mosaica, e acima de tudo mestres em apedrejar as pessoas que não andavam segundo a lei, foram pegos de surpresa pelo dedo de Jesus, bom isso aconteceu em uma passagem marcante, que nos traz vários ensinamentos e nos apresenta uma das características suprema da doutrina de Jesus em relação com a religião dos fariseus, o apostolo João acreditou-eu que presenciou essa ocorrência bem de perto por nos passar tamanha precisão narrando os fatos a seguir no versículo abaixo:

“Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério, fazendo-a ficar de pé no meio de todos e disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes? Mas Jesus, inclinando-se escrevia na terra com o dedo. Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra. E tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão. Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava. Erguendo-se Jesus e não vendo ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: mulher, onde estão teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela, ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus, nem Eu tampouco te condeno; vá e não peques mais”.
(João – 8: 3  ).
Como podemos entender nesse versículo que quando pessoas se aproximam de Jesus para levantarem acusações, Jesus não da ouvidos a acusações, veja que quando os acusadores chegou até Jesus Ele se inclinou e escrevia com o dedo na terra, eu fico imaginando o que Jesus poderia estar escrevendo ali naquele momento, diante de uma situação delicada, diante de uma execução fria que a qualquer momento podia vir a tona, na verdade essa tarefa de apedrejar cabia a eles executar, mas astutamente eles queriam passar a responsabilidade para Jesus para ter oque o acusa-lo, e  Jesus conhecendo esse intento maldoso se endireita e reverte essa arapuca sobre a consciência deles próprios matando levemente minha curiosidade sobre o que Ele poderia estar escrevendo durante esse delicado marasmo, e diz:
  • “aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra”
Fico maravilhado com a sabedoria divina de Deus sobre Jesus Cristo, como Deus consegue reverter uma situação que poderia se tornar em cenário de sangue, de impiedade, de crueldade em uma situação de misericórdia que na verdade é o que Deus mais quer de nós. Jesus voltando a se inclinar com seu dedo em terra quem sabe não estava escrevendo, adúlteros, assassinos, sanguinários, hipócritas, homicidas, matricidas, fratricidas, fornicadores, a lista e vasta dos atos que os fariseus cometiam, para se ter uma idéia o ultimo ato dessa espécie foi colocar Jesus pendurado em uma Cruz.
Logo após de eles ouvirem de Jesus a verdade que livra da condenação o pecador arrependido, um a um se retiram, a começar pelos mais velhos ficando apenas Jesus e a pobre mulher em pé que não ousou se retirar da presença de Jesus, por ter encontrado o amparo do amor da lei divina na doutrina de Jesus, ela se sentiu segura ao lado do mestre, e mais do que se sentir segura ela desejava ser liberta do pecado e é isso que Jesus faz, Ele não vem para te condenar ou te colocar em acusação, mas para te colocar em liberdade de todas as acusações que o mundo traz consigo, Jesus quer te ver livre do pecado e quer nos ensinar também que ao invés de apedrejarmos nossos irmãos que sucumbiram a essas fraquezas, para que demos as mãos para tira-los desse caminho que conduz rumo a cova.
O Mestre deu-nos o exemplo através do Perdão, recomendando àquela mulher: “vá e não peques mais”. Assim, deu à mulher adúltera a oportunidade de retomar o curso da vida, sob um novo prisma, não mais pecando, não mais cometendo aqueles mesmos deslizes morais. Vejam, como é grande a Misericórdia Divina. Através do Perdão, a Divina Justiça  sempre nos dá oportunidade para recomeçarmos os nossos trabalhos e refazermos  nossas vidas, reparando os males perpetrados e modelando nosso caráter para melhor.
Graça e paz sejam com todos
Roberto Falbo

1 COMENTÁRIO

  1. Paz seja contigo Cris!
    Muito obrigado pelo elogio, saiba que os tenho como louvor para Jesus.
    Sim Jesus usa de uma sabedoria divina quando ele quer nos advertir, Ele esperou todos os acusadores dessa pobre mulher sair para instruí-la em seguir seu caminho sem pecar.
    Na verdade para que o pecado seja removido é preciso se arrepender, sem arrependimento não existe remissão de pecado, nossa comunhão com DEUS foi comprometida pelo pecado, do que resultam a culpa, a condenação e a separação.
    O ressurgimento dessa comunhão, sendo removida a condenação pelo perdão, a culpa pela justiça, e a separação pela boa vontade de mudar de vida. Para a justificação significa realmente a reintegração do ser humano na sua verdadeira relação com DEUS.
    Resumindo só podemos nos justificar se arrependendo mediante a intervenção de Jesus para remoção da culpa e se justificando na obra redentora de Cristo.
    Cris muito obrigado pelo seu precioso comentário, assim também por varias vezes ter me aconselhado e ter desviado os meus pés de caminhar rumo a essa maledicência, que não escolhe suas vitimas o ”Pecado” Deus abençoe sua vida!

  2. ESTE TEXTO É UM "E S P E T A C U L O!"
    Realmente Deus nos fala que devemos ir e 'NÃO PECAR MAIS',

    ao contrário do que temos feito!!!

    "não mais cometendo aqueles mesmos deslizes morais. "

    ao contrário do que temos feito!!!

    Porque o dedo Jesus não está sempre no chão escrevendo e esperando por você para te dizer "Vá e não peques mais", pois Ele ensina e acredita e que você aprende.
    Sim, Jesus está pronto a sempre nos perdoar, mais o objetivo é não cometer o MESMO pecado e ir em paz, consciente consigo mesmo que aprendeu a lição.

    Uma vez que se aprende, se vigia, se guarda e não se peca novamente!

    Muito legal seu texto Roberto Falbo, parabéns, você compreendeu verdadeiramente a passagem que acabou de citar.

Deixe uma resposta