O Evangelho Místico

0

O Evangelho Místico

A IDOLATRIA NAS IGREJAS EVANGÉLICAS
O Evangelho Místico
O Evangelho Místico
O movimento pentecostal, que hoje é o maior segmento da igreja evangélica, trouxe consigo também uma onda de misticismo. E Também não é difícil perceber isso diante das campanhas/ correntes promovidas por essas igrejas ditas pentecostais e neo-pentecostais, com seus  inúmeros objetos “consagrados”, dados aos fiéis nestas ocasiões, como: oléos, perfumes, cimento, chaves de plástico (simbolizando a casa própria), tapetes em EVA(para fazer oração ajoelhado), anéis com o nome de Jesus, água consagrada, semente de capim(que dizem ser de mostarda), areia do “Monte Sinai”, sal grosso (perai isso não é coisa de batuque?), diploma de dizimista, rosa consagrada, sabonetes, dentre outros ainda baseados em versículos da Bíblia.
E tudo isso, que por sua vez, gerou sobremaneira uma repugnante idolatria dentro da igreja evangélica. Desta vez já não é em cima de imagens de escultura, como santos ou deuses, mas em objetos e suvenirs, ditos como “santificados” e “milagrosos”. E em alguns casos, chegam ao ponto de idolatrarem a própria figura central da denominação (pastores, bispos e missionários).
E se já não fosse o bastante, vieram também os atos excêntricos e descontrolados dos pastores e fiéis, no decorrer dos cultos. O que por sua vez, são interpretados, pelos mesmos, como ações diretas do Espírito Santo. Coisas como sair gritando, correndo, dando piruetas no ar, cair paralisado no chão, ficar rindo sem controle, e dentre outras bizarrices sem sentido.

E tudo isso, ou melhor, todas essas modinhas evangélicas, não possuem algum fundamento bíblico, antes a própria Bíblia adverte sobre tais ideologias que pervertem o Evangelho de Cristo:
Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!” (Gálatas 1.7-9)
Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos“. (Mateus 24.24)
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente“. (Efésios 4.14)

Com a referência das palavras do apóstolo Paulo, podemos ver que mais uma vez a história se repete: lobos disfarçados de ovelhas, entram no meio da igreja distorcendo as palavras de Cristo, com o intuito de a levar ao engano e à destruição. Por isso meus amados irmãos, leiam a Bíblia, leiam! Pois só assim você poderá discernir por si mesmo o que é, e o que não é de Deus.

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.” (Oséias 4.6)

Graça e paz!
Por:
Giovani Mariani

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma idolatria de hoje: a dos títulos !! diáconos querendo ser pastores, pastores querendo ser apóstolos, apóstolos querendo ser "paiapóstolo" (???), crentes que nem vão na Escola Dominical querendo ser "profetas". Basta ver a diferença ao se anunciar numa reunião que está presente o PASTOR FULANO e o APOSTOLO SICRANO. Os "améns" e "aleluias" são mais fortes no segundo caso. Por que será ? E quem não tem um título, quer ter, mesmo que pague para isso (e tem quem venda …). Deus nos ajude. Graça e Paz.

  2. Idolatria é tudo aquilo que é adorado, ha quem adore imagens, ha quem adore o filho ou o marido, ha quem adore o dinheiro, etc., Porem, isso vai do coração de cada um, se exitir uma campanha e eu me apegar à rosa, ao pano ou ao oleo que foi dado nessa campanha o problema é meu, não do pastor, pois os apostolos também pegavam nas suas vestes e rasgando-as as davam ao povo com o intuito de curar, e muitos eram curados pela fé, entao vemos que os panos eram dados para activar a fé e não para criar um "idolo". Existe muitos evangelicos religiosos apesar do pr e do bispo falar que não nos devemos apegar à religião, mas a Deus, mas claro, vai de cada um.
    Quanto ao Espirito Santo é só observar os frutos, movimentos descontrolados parece-me pura evidencia de falta de dominio próprio, cada um deve pensar se tem tido os frutos, pois pelos frutos conhecereis a arvore.
    Que Deus abençoe!

  3. Mais uma idolatria de hoje: a dos títulos !! diáconos querendo ser pastores, pastores querendo ser apóstolos, apóstolos querendo ser "paiapóstolo" (???), crentes que nem vão na Escola Dominical querendo ser "profetas". Basta ver a diferença ao se anunciar numa reunião que está presente o PASTOR FULANO e o APOSTOLO SICRANO. Os "améns" e "aleluias" são mais fortes no segundo caso. Por que será ? E quem não tem um título, quer ter, mesmo que pague para isso (e tem quem venda …). Deus nos ajude. Graça e Paz.

Deixe uma resposta