O MILHO DE PIPOCA QUE NÃO PASSA PELO FOGO CONTINUA A SER MILHO PARA SEMPRE

0
O MILHO DE PIPOCA QUE NÃO PASSA PELO FOGO CONTINUA A SER MILHO PARA SEMPRE
O MILHO DE PIPOCA QUE NÃO PASSA PELO FOGO CONTINUA A SER MILHO PARA SEMPRE

O MILHO DE PIPOCA QUE NÃO PASSA PELO FOGO CONTINUA A SER MILHO PARA SEMPRE

milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre
Assim acontece com a gente.
As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo, fica o mesmo jeito a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor. Pode ser fogo de fora: Perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também. Imagino que o pobre grão de milho, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer. Dentro de suas cascas duras, fechadas em si mesmo, ele não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ele. O grão não imagina aquilo de que ele é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM! E ele aparece como uma outra coisa completamente diferente, uma pipoca, algo que ele mesmo nunca havia sonhado. Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva. Não vão dar alegria para ninguém. 

Desta forma somos nós, muitas vezes não temos a coragem de enfrentar os riscos, os obstáculos e o fogo, com medo de se dar mal, de se queimar. Observe ao seu redor, deve existir algum piruá que teve medo de enfrentar o desconhecido.
É muito importante que enfrentemos todas as nossas dificuldades, e alguns obstáculos que parecem impossíveis de serem quebrados, pois só dessa forma podemos saber realmente se somos bons ou não. Costumo dizer que o que seria dos nossos acertos se não fossem os nossos erros. Um homem que não consegue enfrentar os seus próprios conflitos não é digno de crescer. Portanto, o melhor caminho para começar uma grande caminhada é vencendo você mesmo. Tenha certeza, se vencer a si mesmo, os outros adversários serão apenas mais um para ser vencido. Boa sorte.

Por:(Rubens Alves)
Compartilhar
Artigo anteriorMundo Virtual
Próximo artigoMUDANÇA CHINESA

1 COMENTÁRIO

  1. Olá!! Esses obstáculos e dores que aparecem no nosso caminho só servem para amadurer o nosso espirito e provar que Deus existe e está ao nosso lado, basta dar uma olhadinha ao nosso redor… Muitas vezes cometemos grandes erros e as consequências são inevitáveis e muitas vezes também achamos que Deus não olha por nós, porisso que acontecem coisas ruins em nossas vidas. Só esquecemos que Deus nunca quer o nosso mal, pois no dia-a-dia nos dá dica para sempre praticarmos o bem. O bem é praticado por nós mesmos, nós é que não temos consciência de que somos responsáveis pelos nossos atos.
    Uma ótima semana!!

Deixe uma resposta