Os talentos que Deus nos dá

0
Os talentos que Deus nos dá
Os talentos que Deus nos dá

Os talentos que Deus nos dá

A parábola dos talentos é uma das mais conhecidas na bíblia. E já vi algumas interpretações, mas estive meditando nela juntamente com Marcos 16 e pude perceber um paralelo. Não quero dizer aqui que foi cumprida a parábola.

Começa assim: Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens, (Mt 25:14 ARC)
Em Marcos 16.7 Jesus dá instruções para Pedro e os discípulos irem à Galiléia. Assim como o senhor na parábola, Ele chama os seus servos. Da mesma forma Jesus entrega os seus bens, não só a eles como também a nós.
Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado. E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; (Mc 16:14-17 ARC).
Vamos aos talentos:

Salvação (Quem crer e for batizado será salvo)

Jesus torna possível a todos a salvação, através de sua morte na cruz.
Verdadeiramente, ninguém o pode remir, nem pagar por ele a Deus o seu resgate ( Pois a redenção da alma deles é caríssima, e cessará a tentativa para sempre. (Sl 49:7-8 ARA)
Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos. E, quando vós estáveis mortos nos pecados e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. (Cl 2:12-14 ARC)
Seu Nome ( em meu nome, expulsarão demônios)
Jesus nos deu o seu próprio nome. Vivemos numa sociedade onde o crédito é algo realmente muito importante e quando há restrições, a pessoa procura alguém para “emprestar” seu nome. Foi exatamente o que Jesus fez por nós. Sem o nome de Jesus não temos crédito no mundo espiritual.
Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra (Flp 2:9-10 ARC).
O Espírito Santo ( falarão novas línguas)
E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. (At 2:4 ARC)
De posse desses talentos que o Senhor nos deu, não podemos decepcioná-lo. Ele nos capacitou a cumprir o nosso chamado. Multiplique-o.
Naquele grande dia teremos um veredicto, espero que seja este: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. (Mt 25:21 ARC)
Mas se você se acomodar e desperdiçar os talentos que o Senhor tem dado o veredicto será diferente: Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali, haverá pranto e ranger de dentes. (Mt 25:30 ARC)

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta